O que você procura?
Área do Médico

Pronto atendimento Cardiológico (48) 3212-5000


Informações

Tudo o que os pacientes e seus familiares precisam saber em casos de exames, procedimentos e internações.

  • Convênios
    Convênios S.O.S. CÁRDIO
    AGEMED AMIL ASSEFAZ
    BRADESCO SAÚDE BRASIL ASSISTENCE CARPESESP / CAPESAÚDE
    CASSI CORREIOS ELETROSUL
    ELOSAÚDE EMBRATEL FASSINCRA
    OMINT PETROBRÁS SAÚDE CAIXA
    SAÚDE CONCEIÇÃO SC SAÚDE UNIMED
    VONPAR
  • Documentos e Atendimento de emergência

    A recepção de internação é o setor responsável pela formalização da acolhida dos pacientes. Será solicitada ao paciente e/ou responsável, no ato da internação, a assinatura do Termo de Responsabilidade. A internação só pode ser efetuada sob a responsabilidade de um médico habilitado e cadastrado no Hospital S.O.S. Cárdio. É necessário ter em mãos os originais de documentos como carteira de identidade, CPF, carteira do plano de saúde e guia de internação autorizada, em caso de internações por convênio médico. Os convênios cobrem as despesas hospitalares, de acordo com o contrato assinado pelo cliente.

    É de responsabilidade do paciente e/ou responsável a observância das normas e da abrangência da cobertura do seu plano de saúde. Na hipótese de um procedimento não ser coberto pelo seu contrato com o convênio, será informado imediatamente, pelo setor de internação ou financeiro, o orçamento e efetuada a cobrança conforme normas do hospital. No caso de pacientes particulares, será solicitado um depósito inicial para cobertura das despesas hospitalares, conforme orçamento apresentado. Parciais da conta são emitidas e devem ser quitadas a cada 48h.

  • Horários de visitas

    As visitas são permitidas diariamente, salvo a proibição médica, em horários determinados. O horário e a quantidade de visitantes variam de acordo com o tipo de acomodação:

    HORÁRIO DE VISITAÇÃO


    Quarto privativo.......08h às 22h.................................................3 visitantes e 1 acompanhante
    Quarto coletivo........09h às 22h.................................................2 visitantes e 1 acompanhante
    UTI A.......................12h às 12h30 e 19h30 às 20h ....................... 2 visitantes
    UTI B.......................11h30 às 12h e 17h30 às 18h ....................... 2 visitantes

  • Estacionamento

    Com estacionamento terceirizado, o S.O.S. Cárdio disponibiliza para os pacientes internados um valor diferenciado, cujo ticket é carimbado pela recepcionista com a devida identificação: nome e número do leito.

  • Boletins Médicos

    Os boletins médicos obedecerão aos seguintes horários:

    UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI-A) – 11:30h
    UNIDADE CORONARIANA (UTI-B) - 11:00h

    Os familiares recebem informações do quadro clínico do paciente durante o boletim médico, esclarecido pelo cardiologista de plantão. Em casos de urgência no atendimento de algum paciente internado, as visitas poderão ser adiadas ou suspensas.

    Os telefones dos familiares dos pacientes estão à disposição com as recepcionistas e telefonista, por isso em caso de urgências, os mesmos serão brevemente localizados.

  • Recomendações Gerais

    PERTENCES E VALORES

    O hospital não se responsabiliza pelo extravio e furto de bens, valores e pertences dos pacientes e de seus acompanhantes. É recomendado que o paciente e/ou acompanhante traga somente o necessário para sua estada.

    OBJETOS DE USO PESSOAL

    No caso de internação, o paciente deverá trazer pijama ou camisola não transparente, chinelos e outros objetos de uso pessoal.

    AMBULÂNCIA

    O S.O.S. Cárdio possui parcerias com empresas que oferecem ambulâncias para atendimento 24 horas. As remoções podem ser feitas com ou sem acompanhamento médico de acordo com a solicitação e necessidade. O custo de remoção é de responsabilidade do paciente e/ou responsável.

    RESTRIÇÕES

    • Não fumar nas dependências internas do hospital.
    • Não fazer barulho, não falar em voz alta e ser discreto.
    • Não manipular equipamentos hospitalares.
    • Não pernoitar mais de um acompanhante no aposento.
    • Não trazer alimentos para pacientes.
    • Não consumir bebidas alcoólicas.
    • Não cozinhar, lavar, estender roupas nos aposentos e janelas.
    • Não utilizar o telefone celular na UTI.
    • É proibido ao acompanhante, mesmo profissional de saúde, executar procedimentos médicos ou de enfermagem.

    ÁREA DE FUMANTES

    O Hospital S.O.S. Cárdio dispõe de área reservada para fumantes no terraço do Ático.

    RECLAMAÇÕES E DÚVIDAS

    Qualquer reclamação ou dúvida deverá ser dirigida ao Supervisor de Atendimento ao Cliente, nos telefones (48) 3212-5020 ou 3212-5078.

  • Manual do Paciente

    Histórico da Instituição

    O S.O.S. Cárdio foi idealizado com o propósito de oferecer à comunidade um serviço de qualidade de emergência em cardiologia. Para concretizar este ideal, foi organizada uma sociedade entre doze cardiologistas, que uniram esforços para a operacionalização da nova estrutura hospitalar.

    No início, o S.O.S. Cárdio dispunha de dois apartamentos, cinco leitos de UTI e dois leitos de observação, serviço de ambulância e consultórios para o pronto-atendimento, além de estrutura para o atendimento domiciliar. Com uma UTI bem equipada, o Hospital foi em busca da prestação de um serviço completo em diagnóstico e tratamento das doenças do coração, incluindo a investigação invasiva e a realização de cirurgias cardíacas. Objetivo que propiciou, após cinco anos de funcionamento, a mudança do S.O.S. Cárdio para uma sede mais ampla e ainda mais completa, na região central de Florianópolis.

    Com o passar do tempo e o crescente aumento da demanda, veio a necessidade da construção de um Hospital ainda mais moderno não só nas especialidades cardíacas como em outras consideradas de alta complexidade. Este, inaugurado em julho de 2011, na Rodovia SC 401, abriga hoje a sede do S.O.S. Cárdio.

    Nas novas instalações, o Hospital aumentou a sua capacidade de atendimento e passou a oferecer os mais avançados métodos diagnósticos e terapêuticos relacionados às patologias cardíacas. Para manter a qualidade e a eficiência dos serviços médico-hospitalares prestados, o S.O.S Cárdio conta hoje com uma equipe de mais de 350 profissionais. Profissionais qualificados e treinados para oferecer o melhor atendimento aos seus pacientes. Com todo o carinho e a segurança que acompanham uma trajetória de mais de 20 anos bem sucedidos.

    Internação:

    A recepção de internação é o setor responsável pela formalização da acolhida dos pacientes. Será solicitada ao paciente e/ou responsável, no ato da internação, a assinatura do Termo de Responsabilidade. A internação só pode ser efetuada sob a responsabilidade de um médico habilitado e cadastrado no Hospital S.O.S. Cárdio. É necessário ter em mãos os originais de documentos como carteira de identidade, CPF, carteira do plano de saúde e guia de internação autorizada, em caso de internações por convênio médico.
    Os convênios cobrem as despesas hospitalares, de acordo com o contrato assinado pelo cliente. É de responsabilidade do paciente ou responsável a observância das normas e da abrangência da cobertura do seu plano de saúde.
    Na hipótese de um procedimento não estar coberto pelo seu contrato, haverá um contato prévio para acordo sobre este.
    No caso de pacientes particulares, será solicitado um depósito inicial para cobertura das despesas hospitalares, conforme orçamento apresentado. Parciais da conta são emitidas e devem ser quitadas a cada 48h.

    Consentimento Informado:

    O consentimento informado (CI) constitui direito do paciente de participar de toda e qualquer decisão sobre tratamento que possa afetar sua integridade psicofísica. Sempre que forem indicados procedimentos cirúrgicos, o médico assistente orientará o paciente e/ou seu representante legal sobre riscos e benefícios envolvidos. Esta prática é formalizada por meio do termo do CI, preenchido pelo médico e assinado pelo paciente e/ou representante. Este documento será mantido com o prontuário do paciente.

    Recusa de Tratamento:

    O paciente pode recusar qualquer tratamento. Se não tiver condições de expressar sua vontade, os familiares ou responsáveis deverão manifestar o consentimento por escrito.

    Alta Hospitalar:

    A alta hospitalar será prescrita pelo médico responsável.
    O responsável será chamado pela recepção para fechamento da conta e pagamento das despesas extras se necessário.
    O quarto deverá ser desocupado no prazo de 45 minutos após o fechamento da conta.

    Transferências:

    - Interna:

    O hospital se reserva o direito de transferir o paciente para uma unidade capacitada, especialmente (UTI), sempre que for necessário.
    O leito deve ser liberado, pelo acompanhante e familiares, assim que o paciente for transferido para outra unidade.
    E caso de eventual retorno para a mesma unidade, o leito disponibilizado poderá não ser o mesmo ocupado anteriormente.

    - Externa:

    Só ocorrerá com a liberação do médico responsável, mediante contato com o médico responsável da outra instituição hospitalar.
    Todo o processo é registrado em prontuário, mencionando a concordância dos familiares e a ciência destes sobre os riscos, quando for o caso.
    A escolha do hospital é de inteira responsabilidade do paciente e responsável.

    Visitas e Acompanhantes:

    As visitas são permitidas diariamente, salvo a proibição médica, em horários determinados. O horário e a quantidade de visitantes varia de acordo com o tipo de acomodação:

    Horário de Visitas:

    Quarto privativo...................08h às 22h.......................................3 visitantes e 1 acompanhante
    Quarto coletivo....................09h às 22h........................................2 visitantes e 1 acompanhante
    UTI A....................................12h às 12h30 e 19h30 às 20h......... 2 visitantes
    UTI B....................................11h30 às 12h e 17h30 às 18h.......... 2 visitantes

    Em nenhuma hipótese ou sob qualquer circunstância, será permitida a presença de mais de um visitante e/ou acompanhante por paciente após as 22h. O hospital não dispõe de acomodações para acompanhantes de pacientes nas unidades de tratamento intensivo, onde a presença destes, habitualmente, não é permitida.
    As informações referentes aos pacientes internados em UTI são obtidas através do boletim médico, que é realizado na UTI A sempre 30 minutos antes do horário de visita e na UTI B as 10h30.
    Não é permitida a entrada de crianças até 12 anos de idade nas Unidades UTI A e B, por ser ambiente hospitalar desaconselhável à saúde.

    Acomodações:

    O Hospital S.O.S. Cárdio dispõe de quartos privativos (apartamentos) e quartos coletivos (enfermaria). No quarto privativo estão disponíveis ar-condicionado, TV a cabo, frigobar, telefone, poltrona e sofá-cama para acompanhante. Já no quarto coletivo, de dois ou três leitos, estão disponíveis ar-condicionado e telefone.
    A opção do paciente, ou do responsável, por acomodações superiores ao que está coberto pelo seu plano de saúde poderá ser atendida sempre que houver disponiblidade de vaga, implicando em pagamento particular das diferenças de despesas médicas, diárias e procedimentos referentes a todo o período de internação. A opção será efetuada mediante a assinatura pelo paciente e/ou responsavel de termo específico.

    Não estão incluídos na diária:

    · Refeições extras não prescritas pelo médico ao paciente;
    · Refeições ou lanches para o acompanhante;
    · Nutrição parenteral e enteral;
    · Medicamentos, materiais e outros de consumo utilizados;
    · Equipamentos e aparelhos especiais para diagnósticos, monitoração e tratamentos;
    · Oxigênio e gases medicinais;
    · Exames para elucidação diagnóstica;
    · Exames de laboratório de análises clínicas;
    · Honorários médicos;
    · Fisioterapia;
    · Serviços de Psicologia.

    Serviço de Telefonia:

    · Para ter acesso a uma linha e efetuar uma ligação local, disque 6.
    · Para chamadas interurbanas, disque 6 + 0 + DDD + número desejado.
    · Nos apartamentos, as ligações de saída serão tarifadas e apresentadas no momento da alta hospitalar juntamente com a conta do paciente.
    · Na enfermaria, não é permitida ligação de saída, apenas de recebimento.
    · Os convênios não pagam por este serviço.
    · A cobrança será feita no fechamento da conta do paciente.

    Internet:

    O hospital disponibiliza aos clientes internet via wireless, que poderá ser utilizada mediante a retirada de senha na recepção. Para acessar a internet, o cliente deverá digitar a senha e número do quarto. O valor da internet será computado a cada 24 horas e a cobrança será feita no fechamento da conta do paciente.

    Ramais Úteis:

    Recepção de Internação: 5020
    Recepção UTI/ Centro Cirúrgico: 5040
    Telefonista: 9
    Copa: 5031
    UTI A: 5060
    UTI B: 5063
    Unidade de Internação 1 (201 ao 218): 5007
    Unidade de Internação 2 (219 ao 233): 5058
    Autorização: 5049
    Gerenciamento de Leitos: 5078

    Assistência ao cliente no S.O.S. CÁRDIO:

    O Hospital S.O.S. Cárdio dispõe de atendimento 24 horas realizado por equipe especializada, composta por médicos, cirurgiões, farmacêuticos, fisioterapeutas e equipe de enfermagem.
    O atendimento clinico é de livre escolha dos pacientes, exceto em situações emergenciais nas quais a instituição fornece profissionais médicos para o atendimento imediato.

    ATENDIMENTO MÉDICO:

    · As orientações médicas do paciente internado em apartamentos ou enfermaria são de competência do médico assistente e responsável.
    · A equipe de enfermagem segue as determinações deste médico quanto à administração de medicamentos, materiais e exames realizados durante a internação do paciente.
    · Somente o médico responsável pelo paciente poderá emitir a alta hospitalar.
    · O S.O.S. Cárdio não interfere na relação entre o médico assistente e o paciente em qualquer nível, incluindo o financeiro. Não sendo, portanto, responsável por quaisquer valores cobrados pelos profissionais que integram a equipe assistente.

    ATENDIMENTO DE ENFERMAGEM:

    · A Unidade de Internação é composta por uma equipe qualificada e pronta para atender a todas as suas necessidades. Esta unidade é supervisionada por um(a) enfermeiro(a), que é responsável pela equipe que presta assistência.
    · Sempre que necessitar, o paciente pode utilizar o sistema de chamada viva voz, localizado ao lado da cama para solicitar a presença do(a) enfermeiro(a) ou de outro membro da equipe.
    · Condutas de enfermagem deverão ser executadas somente por profissionais de enfermagem a serviço do S.O.S. Cárdio, não sendo permitida a interferência dos acompanhantes.
    · Caso o cliente necessite de enfermagem particular, deve o responsável dirigir-se ao enfermeiro(a) do setor.
    · É importante lembrar que, em alguns casos, o enfermeiro(a) deverá entrar em contato com o médico assistente antes de atender a uma solicitação.
    · O cliente hospitalizado pode apresentar alguns fatores que são considerados de risco para queda como: idade, diagnóstico médico, capacidade de andar, ir ao banheiro, movimentar-se no leito. Portanto, consideramos que todos os nossos pacientes têm risco de queda. Assim, sempre que necessitarem ir ao banheiro ou movimentarem-se, a enfermagem deve será chamada para acompanhar, supervisionar e orientar.
    · As grades dos leitos devem ficar sempre elevadas para evitar possiveis quedas.

    Fisioterapia:

    · O hospital disponibiliza atendimento na área de Fisioterapia, segundo prescrição médica.
    · O serviço de Fisioterapia atua em todas as unidades de internação do Hospital S.O.S. Cárdio.
    · O tratamento é iniciado somente após a autorização do convênio, se sua internação for por plano de saúde.
    · Caso o convênio não autorize o tratamento, o paciente e/ou seu responsável legal serão informados para permitir ou não o tratamento particular.

    Nutrição:

    · O Hospital S.O.S. Cárdio conta com o Serviço de Nutrição e Dietética o qual é responsável por administrar, planejar, elaborar e distribuir as refeições aos pacientes.
    · A dieta do paciente é prescrita pelo médico e, diariamente, é monitorada pela equipe de nutrição, responsável pela conduta alimentar.
    · Os cardápios oferecidos são elaborados por nutricionista, garantindo a adequação de nutrientes necessários para a recuperação.
    · O Hospital S.O.S. Cárdio não se responsabiliza por nenhum alimento servido ao paciente que não tenha sido servido pelo Setor de Nutrição e Dietética. O responsável ou acompanhante deve consultar a nutricionista ou enfermeira caso queira oferecer outros alimentos ao paciente.
    · As refeições de acompanhantes serão servidas conforme cobertura do convênio.
    · Para garantir a segurança e qualidade alimentar, além de eliminar os riscos de contaminação, não é permitido trazer alimentos externos.
    · Mais esclarecimentos sobre a alimentação podem ser obtidos com a nutricionista através do ramal 5047.
    · O Setor de Nutrição e Dietética dispõe de serviço room-service 24h. As solicitações poderão ser feitas através do ramal 5031 (copa). O cardápio se encontra na mesa de cabeceira do paciente.
    · Os pedidos extras serão acertados no momento da alta hospitalar.
    · Os itens de consumo de frigobar poderão ser solicitados no momento da chegada no quarto, de acordo com a disponibilidade do cardápio e serão repostos conforme necessidade do cliente. Os convênios não cobrem despesas de frigobar, e o consumo será acertado na alta hospitalar.
    · É vetado o consumo de bebidas alcoólicas nas dependências do hospital.

    Horário de distribuição de refeições:

    · Café-da-manhã – entre 07h45 e 08h15
    · Lanche da manhã – entre 09:45 e 10h15 (somente para pacientes diabéticos)
    · Almoço – entre 11h30 e 12h15
    · Lanche da tarde – entre 14h45 e 15h15
    · Jantar – entre 17h45 e 18h15
    · Ceia – entre 20h30 e 21h15

    Farmácia:

    · O Serviço de Farmácia Hospitalar funciona durante 24 horas e dispõe de 01 farmacêutico especialista em Farmácia Hospitalar e Clínica e auxiliares de farmácia qualificados
    · No S.O.S. Cárdio os medicamentos e materiais hospitalares são dispensados em doses unitárias, visando o uso seguro e racional.
    · Caso você utilize algum medicamento de forma continua, o serviço de enfermagem deverá ser informado. Os medicamentos trazidos serão validados pela farmacêutica que verificará com seu médico a necessidade de utilização destes durante sua internação. Caso necessário, os medicamentos permacecerão sob os cuidados da equipe de enfermagem ou farmácia e as sobras serão devolvidas na alta hospitalar. As informações referentes aos medicamentos são registradas em Termo de Responsabilidade, que é assinado pelo paciente ou responsável e pelo farmacêutico.
    · O hospital não comercializa materiais e medicamentos.
    · A fim de obter resultados terapêuticos satisfatórios e assegurar o uso racional dos medicamentos, os pacientes contam com os serviços de Farmacovigilância (identificação, investigação e prevenção de reações adversas).
    · Para garantir a continuidade do tratamento, os pacientes recebem orientação sobre medicamentos no momento da sua alta.

    Para esclarecimentos de dúvidas relacionadas a medicamentos, entre em contato com a farmacêutica através do telefone (48) 3212.5013 ou ramal 5013.

    Higiene Hospitalar e rouparia:

    O Hospital S.O.S. Cárdio dispõe de serviço de higienização e rouparia 24 horas, com profissionais treinados, com técnicas e produtos específicos para a área hospitalar.
    Disponibilizamos também todo o enxoval necessário para o paciente e acompanhante quando houver cobertura do plano de saúde (lençóis, toalhas, cobertores) durante toda a sua permanência na instituição. A troca do enxoval do paciente é regular e diária e as do acompanhante a cada dois dias.
    O serviço está disponível sempre que houver necessidade. A solicitação poderá ser feita diretamente ao posto de enfermagem.

    CCIH:

    Uma das maiores preocupações dos pacientes e de seus familiares é a ocorrência de “infecção hospitalar”. Por isso, o hospital conta com a CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar) e o SCIH (Serviço de Controle de Infecção Hospitalar) – formado por um enfermeiro e um médico infectologista, responsáveis pelas ações programadas com vistas à redução da incidência e gravidade das infecções hospitalares.

    A RESPONSABILIDADE PELA PREVENÇÃO É, PRINCIPALMENTE, DA EQUIPE DO HOSPITAL, MAS O PRÓPRIO PACIENTE, OS VISITANTES, ACOMPANHANTES E FAMILIARES PODEM AJUDAR.

    · Lave as mãos antes e após tocar no paciente ou em seus objetos.
    · Não se sente ou se deite no leito do paciente.
    · Evite proliferação de insetos e microorganismos, mantenha junto ao paciente apenas alimentos autorizados pelo serviço de Nutrição Dietética.
    · Pessoas portadoras de doenças transmissíveis, como gripe, conjuntivite, febre de qualquer natureza ou suspeita de infecção, não devem visitar pacientes.
    · Durante a visita ao seu familiar, não manipule outros doentes. As infecções passam, também, através de nossas mãos não lavadas.
    · Evite plantas/flores naturais no quarto, principalmente, em vasos com água.
    · Os cuidados especiais (precaução-padrão e adicionais), adotados em alguns casos de paciente com infecção por bactérias multirresistentes, devem ser respeitados, pois temos objetivo de proteger o paciente e todas as pessoas que transitam pelo hospital.

    ENFERMEIRO RESPONSÁVEL PELA CCIH

    Contato : 48 3212-5006
    ccih@soscardio.com.br
    08h–18h (seg. a sexta)

    PRONTUÁRIO:

    · O prontuário é iniciado no momento da 1ª internação no hospital juntamente com o número do atendimento.
    · O prontuário no S.O.S. Cárdio é único.
    · Esta é a principal ferramenta de comunicação entre os profissionais que o atendem.
    · As informações contidas no prontuário são sigilosas e a guarda e arquivamento são de responsabilidade do S.O.S. Cárdio.
    · O acesso ao prontuário é restrito às pessoas que participam de seu atendimento ou àquelas autorizadas pelo paciente.
    · A cópia do prontuário pode ser solicitada na recepção. A retirada do documento só será liberada mediante o pagamento de taxa e diretamente ao paciente ou seu representante legal, com procuração autenticada.

    Contas Hospitalares:

    · O cliente paciente particular deverá, obrigatoriamente, efetuar os pagamentos parciais da conta hospitalar a cada 48 horas de internação, conforme normas e tabela de preço do hospital. A conta deverá estar quitada no momento da alta.
    · Nos casos de urgência e/ou emergência, o pagamento inicial será solicitado imediatamente na admissão do paciente.
    · Todo cliente paciente que possui plano de assistência à saúde que não estiver com a documentação regularizada efetuará os pagamentos parciais conforme estipulado no item 1, caracterizando atendimento médico-hospitalar particular.
    · Os cheques emitidos para a quitação das contas parciais, conforme prazos e formas apresentados no momento da internação, serão imediatamente depositados.
    · As despesas de telefone e refeição serão cobrados com a conta hospitalar.
    · A diária começa a ser cobrada a partir da internação do cliente paciente, independentemente do horário em que houve a internação.
    · A liquidação da conta hospitalar deverá ser providenciada imediatamente após a sua apresentação.
    · O paciente somente deverá deixar o hospital mediante alta médica e a quitação da conta hospitalar na tesouraria ou setor de internação.
    · Caso não haja cobertura de algum item, por exemplo materiais, próteses e outros, nas limitações de cobertura do plano de saúde, a despesa será cobrada diretamente ao responsável/paciente.
    · Os honorários do médico assistente não estão incluídos na fatura hospitalar, sendo de inteira responsabilidade dos próprios médicos sua fixação e forma de recebimento. O hospital não participa direta ou indiretamente desse acordo.
    · A nota fiscal de serviço será entregue ao paciente no final da conta hospitalar.

    Recomendações Gerais:

    PERTENCES E VALORES:
    O hospital não se responsabiliza pelo extravio e furto de bens, valores e pertences dos pacientes e de seus acompanhantes. É recomendado que o paciente e ou acompanhante traga somente o necessário para sua permanência.

    OBJETOS DE USO PESSOAL:
    No caso de internação, o paciente deverá trazer pijama ou camisola não-transparente, chinelos e outros objetos de uso pessoal.

    AMBULÂNCIA:
    O S.O.S. Cárdio possui parcerias com empresas que oferecem ambulâncias para atendimento 24 horas. As remoções podem ser feitas com ou sem acompanhamento médico de acordo com a solicitação e necessidade. O custo de remoção é de responsabilidade do paciente e/ou responsável.

    RESTRIÇÕES:
    · Não fumar nas dependências internas do hospital.
    · Não fazer barulho, não falar em voz alta e ser discreto.
    · Não manipular equipamentos hospitalares.
    · Não pernoitar mais de um acompanhante no aposento.
    · Não trazer alimentos para pacientes.
    · Não consumir bebidas alcoólicas.
    · Não cozinhar, lavar, estender roupas nos aposentos e janelas.
    · Não utilizar o telefone celular na UTI.
    · É proibido ao acompanhante, mesmo profissional de saúde, executar procedimentos médicos ou de enfermagem

    ÁREA DE FUMANTES:
    O Hospital S.O.S. Cárdio dispõe de área reservada para fumantes no terraço do Ático.

  • Visualizador de exames

    Programa Philips para visualizar os exames em CD da sala de Hemodinâmica 1.

    Clique aqui e baixe o conteúdo em pdf.
  • Manual Fornecedores

    Manual de relacionamento com os fornecedores.

    Clique aqui e baixe o conteúdo em pdf.